Recalcatti pede pensão integral para dependentes de servidores mortos pela Covid


O deputado Delegado Recalcatti (PSD) aprovou requerimento, em sessão plenária remota da Assembleia Legislativa, pedindo ao governo estadual para que proponha um projeto de Lei estabelecendo o pagamento integral de pensão aos dependentes de servidores do Paraná que tenham morrido ou que venham a falecer em decorrência da Covid-19. Medida idêntica já foi aprovada pela Assembleia Legislativa de Pernambuco.

(Leia a íntegra do Requerimento)

“Tenho me preocupado muito com os trabalhadores da saúde, da segurança pública e das demais categorias consideradas essenciais neste período de pandemia”, afirmou Delegado Recalcatti. “Acredito que essa matéria também deva ser discutida no Paraná porque, apesar de todas as cautelas, já perdermos aqui dezenas de profissionais da saúde”. Segundo ele, em Pernambuco, os afastamentos por suspeita ou diagnóstico da Covid-19 também não atingem o acesso a gratificações.

De acordo com matéria do portal de notícias Bem Paraná, de Curitiba, o número de mortes entre os trabalhadores da saúde mais que dobrou nas últimas semanas. No dia 18 de julho, eram registradas 22 mortes. No último dia 10 de agosto, a Secretaria de Saúde confirmou ao site de notícias um total de 45 vidas perdidas entre profissionais de saúde.

Na Segurança Pública, de acordo com números apurados na SESP, temos até hoje as mortes por COVID de dois Policiais Militares e um agente penitenciário. Pelas regras previdenciárias atuais, os dependentes dos servidores públicos falecidos teriam direito a 60% do valor dos seus salários como pensão.

  • ico_face_B
  • ico_ista_B
  • ico_yout_B

Gabinete na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná. 

Praça Nossa Senhora de Salete, s/nº. Edifício Pres. Tancredo Neves. Gabinete 001, Térreo. Curitiba, PR, CEP: 80530-911.

Telefone: (41) 3350-4335

E-mail: dep.delegadorecalcatti@gmail.com

  • ico_face
  • ico_ista
  • ico_yout