Governo vai contratar policiais civis aposentados para serviços internos nas Delegacias

Por sugestão do deputado Delegado Recalcatti (PSD), o governo estadual encaminhará à Assembleia Legislativa projeto de Lei autorizando a convocação, em caráter emergencial, de policiais civis aposentados para dar atendimento e apoio administrativo em Delegacias de Polícia. A mesma medida já está sendo adotada pelo governo estadual para os policiais militares aposentados e inativos.

 

“Além de realizar serviços internos, liberando os policiais civis da ativa para as investigações, a medida ajuda na preservação das pessoas e dos edifícios, garantindo as atividades do órgão público”, explicou o Delegado Recalcatti. A decisão do governo foi tomada depois que o deputado apresentou nesta semana uma Emenda ao projeto de Lei referente à Polícia Militar. O anúncio foi feito pelo líder do governo, deputado Hussein Bakri, durante sessão plenária remota da última terça-feira, 05.

 

De acordo com Delegado Recalcatti, é importante lembrar que o auxílio aos servidores aposentados “é fundamental para favorecer uma melhor qualidade da prestação dos serviços da Polícia Judiciária”. “Desde que assumi o mandato, tenho lutado para a convocação de voluntários aposentados da Polícia Civil porque, em abril de 2017, centenas de servidores foram afastados das Delegacias de Polícia a pedido do Ministério Público”, lembrou ele. “Por conta disso, a situação que já era caótica, só vem piorando”.

 

Em sua justificativa, Delegado Recalcatti alegou ainda a possibilidade desses profissionais aposentados serem convocados para atividades de cooperação federativa, no âmbito da Força Nacional de Segurança Pública, conforme legislação Federal. Neste caso, os policiais devem ter se aposentado há menos de cinco anos, e os serviços deverão ser vinculados às atividades de apoio administrativo da FNSP.

 

No Espírito Santo, uma Lei Complementar autorizou o aproveitamento técnico e qualificado de policiais civis que já se encontram aposentados, no exercício de tarefas de natureza eminentemente técnico-administrativa. A prestação do serviço voluntário deve ser efetuado mediante a aceitação espontânea do policial civil aposentado, após concluído o devido processo seletivo. Uma Lei similar também está em vigor no Pernambuco.

 

(FOTO: Assessoria de Imprensa, Delegado Recalcatti defende trabalho voluntário de Policiais Civis aposentados)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • ico_face_B
  • ico_ista_B
  • ico_yout_B

Gabinete na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná. 

Praça Nossa Senhora de Salete, s/nº. Edifício Pres. Tancredo Neves. Gabinete 001, Térreo. Curitiba, PR, CEP: 80530-911.

Telefone: (41) 3350-4335

E-mail: dep.delegadorecalcatti@gmail.com

  • ico_face
  • ico_ista
  • ico_yout