Medidas práticas para enfrentar a COVID-19

ARTIGO DA SEMANA

Os casos da Doença do Corona Vírus (COVID-19) se multiplicam no Paraná e corremos contra o tempo para tomar medidas que reduzam os impactos da pandemia. O governo estadual tem tomado decisões importantes com o apoio da Assembleia Legislativa, que tem aprovado todas as propostas para reforçar o isolamento social e apoiar população e empresas neste momento de crise.

Também fazem parte do “pacote” decisões que não dependem de aprovação do Legislativo. São atos práticos para o enfrentamento do que vem pela frente. O Paraná prepara 317 novos leitos de UTI em todas as regiões e também vai antecipar a conclusão de três hospitais regionais: os complexos de Telêmaco Borba, Guarapuava e Ivaiporã.

As Universidades Estaduais de Londrina (UEL), Maringá (UEM), Ponta Grossa (UEPG), do Centro-Oeste (Unicentro) e do Oeste do Paraná (Unioeste) estão se credenciando no Sistema Nacional de Laboratórios de Saúde Pública (Sislab) para a realização de exames de identificação do Corona Vírus. Juntas, terão capacidade instalada de avaliar até 700 amostras por dia.

Dois Decretos promoveram mudanças tributárias no setor de medicamentos, com redução do volume de impostos no começo da cadeia de distribuição, o que vai conter os preços nas farmácias. O Laboratório Central do Estado (Lacen-PR), em São José dos Pinhais, atingiu a marca de 4,1 mil testes de COVID-19. São 600 por dia desde que a estrutura foi reforçada.

Já a página do DER/PR contém uma lista de estabelecimentos comerciais em funcionamento no entorno das principais rodovias. São postos de combustíveis, restaurantes e borracharias que atendem caminhoneiros e condutores que, mesmo neste período de pandemia, seguem viagem pelos corredores de transporte de carga que cruzam o Estado.

O governo do Estado começou a distribuir máscaras cirúrgicas produzidas pelo Complexo do Hospital do Trabalhador (CHT), a Polícia Militar do Paraná (PM-PR) e a Defesa Civil. E a Polícia Civil doou 1,4 mil embalagens provenientes de frascos de álcool em gel irregulares apreendidos na Capital e na Região Metropolitana de Curitiba para a Universidade Federal do Paraná (UFPR).

O Tecpar iniciou na sexta-feira (03) a distribuição do álcool antisséptico que passou a produzir para o governo do Estado. A primeira remessa, com mil litros do produto, foi entregue para a Secretaria da Saúde. Por sua vez, a Sesa implantou 13 novas unidades sentinelas, totalizando 63 em todo o Estado para o monitoramento semanal da circulação viral.

Muitas outras medidas práticas estão sendo tomadas pelo governo do Paraná. Meu objetivo com este artigo é amenizar a ansiedade que toma conta da população em relação à evolução da COVID-19. As informações são do site da Agência Estadual de Notícias (AEN), órgão de divulgação oficial do governo. Torço para que, dessa forma, possamos enfrentar essa pandemia com a serenidade possível.

dep.delegadorecalcatti@gmail.com

https://www.instagram.com/delegadorubensrecalcatti/

https://www.facebook.com/DelegadoRecalcatti/

  • ico_face_B
  • ico_ista_B
  • ico_yout_B

Gabinete na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná. 

Praça Nossa Senhora de Salete, s/nº. Edifício Pres. Tancredo Neves. Gabinete 001, Térreo. Curitiba, PR, CEP: 80530-911.

Telefone: (41) 3350-4335

E-mail: dep.delegadorecalcatti@gmail.com

  • ico_face
  • ico_ista
  • ico_yout