Em operação conjunta, PRF fiscaliza furto e receptação de grãos em Paranaguá

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em conjunto com a Polícia Militar Ambiental (PAmb), o Corpo de Bombeiros (CB), a Prefeitura de Paranaguá e a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), realizaram na manhã desta quinta (11), em Paranaguá, uma operação em que fiscalizaram o ciclo criminoso da comercialização de grãos que são furtados de caminhões no município.

 

(Leia matéria original no site da Agência PRF aqui)

 

Caminhões carregados com grãos que se dirigirem ao porto de Paranaguá trafegam com velocidades reduzidas. Aproveitando-se dessa vulnerabilidade, criminosos destravam o dispositivo da carroceria dos caminhões, causando um descarregamento intencional, fora do local apropriado. Integrantes das quadrilhas, recolhem os grãos espalhados pela rodovia e o comercializam, realizando o ciclo completo, desde a armazenagem até a venda.

(Foto: Agência PRF)

 

Tal prática vai desde o furto de carga, que é a abertura dos dispositivos até o armazenamento e comercialização. Quem adquire esse tipo de produto, incide no crime de receptação, que tem uma pena de reclusão de um a quatro anos de prisão, ou receptação qualificada, quando é o caso da comercialização do produto. Já, o crime de furto, tem uma pena de dois a oito anos de prisão, pois é qualificado, pois há a destruição do obstáculo, que é a trava da carroceria.

 

Agentes da PRF e da PM fizeram a verificação da questão do crime de furto e receptação das cargas e um receptador foi preso em flagrante por receptação qualificada, pois os produtos estavam sendo comercializados. A PAmb vistoriou o armazenamento e estocagem dos grãos e em todos os locais fiscalizados, os proprietários não possuíam licença e alguns sacos estavam sem proteção e tomando chuva. O CB fiscalizou as estruturas e condições dos galpões de armazenamento e a a Prefeitura de Paranaguá e Adapar focaram na fiscalização geral em relação ao CNPJ e notas fiscais, sendo que foram lacrados todos os locais de armazenamento, por irregularidades documentais.

 

Resultados:

5 depósitos clandestinos foram lacrados pela prefeitura
10 multas ambientais lavradas
200 toneladas de fertilizantes apreendidos
1 homem preso por receptação qualificada
33 pessoas fiscalizadas
71 veículos fiscalizados

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • ico_face_B
  • ico_ista_B
  • ico_yout_B

Gabinete na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná. 

Praça Nossa Senhora de Salete, s/nº. Edifício Pres. Tancredo Neves. Gabinete 001, Térreo. Curitiba, PR, CEP: 80530-911.

Telefone: (41) 3350-4335

E-mail: dep.delegadorecalcatti@gmail.com

  • ico_face
  • ico_ista
  • ico_yout