Recalcatti pede maior participação dos Conseg nas decisões de governo

O deputado Delegado Recalcatti (PSD) entregou nesta semana o documento “Que Polícia Você Quer para o Paraná” ao coordenador da União dos Conselhos Comunitários de Segurança, Antonio Carlos Carvalho, destacando que uma das 31 medidas sugeridas pelo documento é a valorização e a participação efetiva dos Conseg nas decisões das políticas públicas do setor.

 

“Como delegado de Polícia, sempre estimulei a formação dos Conseg em bairros e em pequenas cidades para que a sociedade possa se manifestar e manter um canal de comunicação com as autoridades da segurança pública”, afirmou Delegado Recalcatti. Ele lembrou que, quando atuou como delegado em Araucária, foi um dos fundadores do Conseg local.

 

 Eduardo Siqueira, Delegado Recalcatti e Antonio Carlos Carvalho. (Foto: Tita Lucindo / Assessoria de Imprensa) 

 

Os Conseg são entidades civis formadas por voluntários que atuam como elo entre a sociedade e autoridades públicas e forças de segurança. O documento “Que Polícia Você Quer para o Paraná” pede para que seja estabelecida “uma relação direta e a participação da sociedade nas questões da segurança pública” por meio dos Conseg.

 

OFÍCIO PARA SECRETÁRIOS

No encontro, Antonio Carlos Carvalho pediu ao Delegado Recalcatti para que apoiasse duas reivindicações que vão exatamente nesse sentido: o acesso periódico aos dados da evolução da criminalidade em bairros das grandes cidades e pequenos municípios; e a participação no processo de escolha do coordenador dos Conselhos de Segurança.

 

De acordo com um ofício protocolado pela União dos Conseg aos secretários de Segurança Pública, Luiz Felipe Carbonell, e da Casa Civil, Guto Silva, o ocupante desse cargo, que faz parte da estrutura da SESP, atua como o canal de acesso dos Conseg ao governo e às Polícias. Eles reclamam que as indicações não têm favorecido uma boa relação.

 

Sobre acesso aos dados da criminalidade, os Conseg alegam que necessitam avaliar “o quanto as estratégias adotadas estão ou não surtindo efeito”. “Sem tais informações, as ações passam a ser meramente intuitivas e muitas vezes podem ser conduzidas de forma errada”. Eles pedem que esses relatórios sejam mensais.

 

AUDIÊNCIA PÚBLICA

O documento “Que Polícia Você Quer para o Paraná” foi divulgado no início de fevereiro como resultado da audiência pública, de mesmo nome, realizada em 27 de novembro de 2018 na Assembleia Legislativa. O evento contou com a participação de representantes das forças de segurança, entidades classistas e sociedade organizada e traçou um amplo panorama da situação da segurança pública no Paraná.

 

Antonio Carlos Carvalho esteve acompanhado do presidente do Conseg Juvevê, Eduardo Siqueira. Fazem parte da União dos Conseg as comunidades organizadas dos bairros Abranches, Água Verde, Alto Boqueirão, Bigorrilho, Bom Retiro, Boqueirão, Cajuru, Capão da Imbuia, CIC, Cristo Rei, Guabirotuba, Guaíra, Jardim Social, Juvevê, Mercês/Vista Alegre, Pilarzinho, Pinheirinho, Portão, Sítio Cercado, Tarumã, Umbará, Vila Fanny, Vila Guaíra e Vila Lindóia, de Curitiba, além dos municípios de Almirante Tamandaré, Antonina, Araucária, Matinhos, Morretes, Piraquara, Pontal do Paraná, São José dos Pinhais e União da Vitória.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • ico_face_B
  • ico_ista_B
  • ico_yout_B

Gabinete na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná. 

Praça Nossa Senhora de Salete, s/nº. Edifício Pres. Tancredo Neves. Gabinete 001, Térreo. Curitiba, PR, CEP: 80530-911.

Telefone: (41) 3350-4335

E-mail: dep.delegadorecalcatti@gmail.com

  • ico_face
  • ico_ista
  • ico_yout