Novo Decreto beneficia policiais civis aposentados por invalidez provocada em combate

O governo do Estado corrigiu na quinta-feira (08) o Decreto que regulamenta a concessão do benefício pecuniário pago a servidores aposentados por invalidez considerados hipossuficientes – pessoas sem condições físicas de sustento próprio. Com isso, quatro policiais civis, que haviam sido excluídos do recebimento em decisão anterior, voltam a ter o direito pago mensalmente.

 

“Fico feliz com esta notícia por uma questão de justiça, já que esse benefício é um direito dos policiais que necessitam de cuidados especiais por terem sofrido acidente em combate”, afirmou o deputado Delegado Recalcatti (PSD). Na terça-feira (06), em ato no Palácio Iguaçu, ele havia feito pedido ao governador Beto Richa para a reinclusão dos policiais civis. A correção ocorreu dois dias depois.

 

Agora os quatro policiais civis passaram a ter tratamento isonômico com os cerca de 500 policiais militares que já recebem o benefício. Criado em 2013, a regulamentação do benefício sofreu diversas alterações nos últimos meses, chegando a excluir até os PMs. “Mas agora chegamos a um consenso e todos os policiais aposentados por invalidez e que dependem de terceiros recuperaram o direito”, afirmou Recalcatti.

 

“Fico feliz com esta notícia por uma questão de justiça, já que esse benefício é um direito dos policiais que necessitam de cuidados especiais por terem sofrido acidente em combate”

 

#DeputadoRecalcatti #DelegadoRecalcatti

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • ico_face_B
  • ico_ista_B
  • ico_yout_B

Gabinete na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná. 

Praça Nossa Senhora de Salete, s/nº. Edifício Pres. Tancredo Neves. Gabinete 001, Térreo. Curitiba, PR, CEP: 80530-911.

Telefone: (41) 3350-4335

E-mail: dep.delegadorecalcatti@gmail.com

  • ico_face
  • ico_ista
  • ico_yout